O ‘Jazz Preguiçoso’ em tons cinza dos Bruma

26 OUTUBRO, 2016 -

Os Bruma são uma banda de Braga, formada há três anos por jams no “Espaço 14” do “Paimenta”.

Mário Abreu nas teclas do piano, André Pepe no baixo, João Alegria na bateria e Pedro Guedes na guitarra tocam um free jazz “para preguiçosos” com muita pinta e muito rock “dark” à mistura.

Os seus temas já tiveram nomes, mas a sonoridade desconexa que lhes dá vida não permite que estes se mantenham intactos, daí aparecerem sem título. São músicas guiadas por um piano zangado, triste e nostálgico que se acompanha de uma batida incerta e de um baixo e de uma guitarra melodicamente obscuros.

A Porta 253 teve o prazer de gravar uma sessão com os quatro rapazes no Sé Café, em Braga, a “paróquia” com sabor a casa, onde os Bruma se encontram todos os dias para beber “o melhor que Portugal tem para oferecer”.

O resultado é este vídeo:

De seguida, o Vítor Vilas Boas fez aquilo que melhor sabe fazer e entrevistou-os, à frente dos instrumentos cansados:

 

Comentários

Artigos que poderão ser do teu interesse

ARTIGOS RELACIONADOS