Novo romance de António Lobo Antunes é publicado a 18 de Outubro

29 SETEMBRO, 2016 -

O novo romance de António Lobo Antunes, “Para aquela que está sentada no escuro à minha espera“, é publicado no próximo dia 18 de Outubro, anunciou a editora.

Este é o 32.º livro na obra de António Lobo Antunes, e o 27.º romance“, assinala em comunicado as Publicações D. Quixote, sem adiantar outros pormenores.

Esta obra sucede a “Da natureza dos deuses“, publicada no ano passado pelo escritor, actualmente com 74 anos, e distinguido com diferentes prémios internacionais ao longo da sua carreira.

Para Outubro a editora do Grupo LeYa prevê também editar pela primeira vez em Portugal, no dia 11, um livro do poeta sírio Adonis, várias vezes apontado para receber o Prémio Nobel da Literatura.

No dia 11 é publicado “O arco-íris do instante“, cujo prefácio é assinado pelo escritor Nuno Júdice, que também traduziu e seleccionou os poemas.

No texto, Júdice afirma: A obra de Adonis é assim analisada por Nuno Júdice, autor do prefácio deste livro: “A poesia de Adonis tem a força expressiva que pude admirar nas leituras que o ouvi fazer dos seus poemas, mas se esse aspeto associado à vertente oral da poesia árabe se perde inevitavelmente em qualquer tradução, o que permanece é o pensamento que nela se transmite e também uma forma por vezes narrativa, decorrente da sua inscrição quer na linha ocidental que vem de Baudelaire a Perse, por um lado, e de Rimbaud ao surrealismo, por outro lado, quer numa corrente esotérica que o leva a interrogar a própria língua e os conceitos profundos do ser humano“.

Também no dia 11 é publicado o livro “O túnel de pombos – Histórias da minha vida“, do britânico John le Carré.

Neste seu primeiro livro de memórias, le Carré é tão divertido quanto incisivo — lendo os acontecimentos que testemunha com a mesma ambiguidade moral com que imbui os seus romances“, adianta a editora em comunicado.

O escritor britânico, de 84 anos, “dá um vislumbre da jornada de um escritor ao longo de mais de seis décadas, e da sua própria busca pela centelha humana que tanto coração e vida tem dado às suas personagens“, segundo a mesma fonte.

No dia 25 é publicado o romance do espanhol Juan Marsé, “Essa puta tão distinta“. Uma ficção policial cuja acção decorre em 1982, mas o enredo remonta a 1941.

Marsé, actualmente com 88 anos, foi distinguido em 2008 com o Prémio Cervantes, o mais importante galardão literário hispânico.

Outro título a editar, no dia 25, é “Cinco séculos à mesa“, de Guida Cândido, uma obra que apresenta “o caminho traçado pela História da Alimentação, propõe que peguemos em cinco obras clássicas entre os séculos XV e XX e recriemos nas nossas modernas cozinhas uma bateria de cinquenta receitas deliciosas, incluindo entradas, pratos de peixe e carne, sobremesas, refrescos, e muito mais“.

A obra dramática inédita de Mario Vargas Llosa, “Os contos da peste“, inspirada no “Decamerón“, de Boccacio, abre o mês, sendo publicada, numa tradução de Maria do Carmo Abreu, no dia 04 de Outubro.

O contexto base desta obra — a reunião de uns jovens numa moradia nos arredores de Florença, durante a qual contam uns aos outros histórias para se entreterem enquanto a peste assola a cidade — inspirou o Nobel peruano a construir uma peça de teatro em torno do desejo baseada em oito dos contos de Boccaccio“, adianta a editora.

Texto de Lusa

Comentários

Artigos que poderão ser do teu interesse

ARTIGOS RELACIONADOS

O making of do filme "

No passado dia 30 de setembro, na Casa das Histórias Paula Rego em Cascais, foi o

A terceira longa-metragem do realizador Ivo M. Ferreira estreia a 1 de Setembro, foi rodada

Os membros da Academia Portuguesa das Artes e Ciências Cinematográficas escolheram o filme “