Nova peça de ‘Os Possessos’ estreia esta semana em Almada

8 MARÇO, 2017 -

Estreia já no próximo dia 10 de Março mais uma produção da companhia setubalense, “Os Possessos”. “Marcha invencível” é o nome do espetáculo e o texto e encenação são de João Pedro Mamede, um jovem que  os 24 anos se revela como uma promessa, sendo um dos três diretores artísticos da companhia, a par com Catarina Rôlo Salgueiro e Nuno Gonçalo Rodrigues,  e, além disso, ator nos Artistas Unidos e vencedor do Prémio Almada Terra das Artes e da Criatividade (2016).

Formada em 2013, “Os Possessos” são uma companhia teatral recente, com uma equipa de mais de vinte pessoas, que tem mostrado trabalhos no sentido de explorar formas alternativas dentro do teatro e conseguido apoio por parte de grandes casas como os Artistas Unidos e o Teatro Nacional Dona Maria II. Desta vez trazem-nos a “Marcha Invencível” com uma sinopse que nos dá algumas pistas e deixa perceber que a imaginação, a divagação e um certo lirismo serão elementos chave no espectáculo –“Depois da chegada do estranho à Sala 34, este deve ser apresentado a Susana. Então o melhor a fazer será intensificar a influência sobre os seus sonhos, de modo a controlar a expectativa inerente ao beijo entre os dois. Na eventualidade de se materializar, de se perigarem os corpos, devemos evacuar imediatamente o Edifício. É esta a expressa opinião do Conselho de Sábios Desconhecidos, aguardando uma resposta sua, em nome de todo o Edifício, para avançar com a proposta de intervenção em anexo.” – mas para que as dúvidas não persistam, o melhor é fazer uma pequena deslocação até ao teatro, na hora e dias combinados, e ver com os próprios olhos. Podemos fazê-lo em Almada, no Teatro Municipal Joaquim Benite, de 10 a 12 de Março (6ª e Sáb. 21h | Dom. 16h) ou em Lisboa, no Teatro da Politécnica (residência dos Artistas Unidos), de 14 a 19 de Abril (3ª e 4ª às 19h | 6ª às 21h | Sáb. às 16h e às 21h).

Ficha Técnica

Texto e Encenação João Pedro Mamede Interpretação Ana Valente, Catarina Rôlo Salgueiro, Frederico Serpa, Inês Laranjeira, Isabel Costa, Mia Tomé, Miguel Cunha, Nádia Yracema, Nuno Gonçalo Rodrigues, Rafael Gomes e Vicente Wallenstein  Música Inês Laranjeira, Marco Mendonça, Rafael Gomes e Vicente Wallenstein  Cenografia e Figurinos Gonçalo Quirino Luz Francis Seleck Colaboração Daniel Gamito Marques, Marco Mendonça, Leonor Buescu e Tiago Ferreira M16

Fotografia de Bernardo Lobo Faria, com Inês Monstro.

Comentários

Artigos que poderão ser do teu interesse

ARTIGOS RELACIONADOS