Ministério Público acusa Tony Carreira de plagiar 11 músicas

13 SETEMBRO, 2017 -

Look Fantastic PT 180X150
Womens Bags PT 300 x 250

As obras foram analisadas através de perícia musical

O cantor Tony Carreira foi acusado pelo Ministério Público de plagiar pelo menos onze músicas do seu reportório, lê-se no despacho de acusações do MP, citado pela agência Lusa.

De acordo com o despacho, o cantor tem vindo desde o ano de 2012 a “dispor de composições musicais alheias e da sua matriz, introduzindo-lhes alterações e arranjos como se fossem suas e sem que com isso tenham criado obras distintas, genuínas e íntegras“.

As obras foram analisadas através de perícia musical, diz o MP que acusa Tony Carreira de 11 crimes de usurpação e de outros tantos de contrafação, enquanto Ricardo Landum, autor de alguns dos maiores êxitos da música ligeira portuguesa, responde por nove crimes de usurpação e por nove crimes de contrafação.

As músicas em causa são “Depois de ti mais nada“, “Sonhos de menino“, “Se acordo e tu não estás eu morro“, “Adeus até um dia“, “Esta falta de ti“, “Já que te vais“, “Leva-me ao céu“, “Nas horas da dor“, “O anjo que era eu“, “Por ti” e “Porque é que vens“.

Comentários

Artigos que poderão ser do teu interesse

ARTIGOS RELACIONADOS