‘Menino 23’: um documentário sobre o nazismo no Brasil

1 JULHO, 2016 -

O documentário, realizado por Belisário Franca, e escrito a duas mãos pelo realizador e Bianca Lenti, acompanha a pesquisa do historiador Sidney Aguilar, que descobriu que durante os anos 30, 50 meninos negros foram levados de um orfanato, no Rio de Janeiro, para uma fazenda no interior de São Paulo, onde foram submetidos a trabalho escravo e identificados por números.

No filme, Aloísio Silva (o “menino 23”) e Argemiro Santos, assim como a família de José Alves de Almeida (o “Dois”), revelam as suas histórias pela primeira vez.

Sidney-fazendo-pesquisa-na-Biblioteca-Nacional-do-RJ

A investigação de Aguilar começou quando numa das suas aulas sobre a Segunda Guerra Mundial, uma aluna contou que na fazenda onde morava, havia tijolos marcados com a cruz suástica. A pesquisa do historiador foi consolidada com a sua tese de doutoramento: exploração no trabalho e violência à infância no Brasil (1930-1945), defendida em 2011, na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), e premiada pela Fundação Capes.

Menino 23” teve a sua pré-estreia mundial no dia 19 de Junho na Mostra Competitiva Ibero-Americana de Longas-Metragens do 26º Cine Ceará, em Fortaleza, e estreou comercialmente no Brasil a 7 de Julho. Para Portugal ainda não há qualquer data.

Comentários

Artigos que poderão ser do teu interesse

ARTIGOS RELACIONADOS