‘Louder than bombs’ chega às salas de cinema portuguesas

11 MAIO, 2016 -

Louder than bombs é um filme com estreia marcada em Portugal a 12 de Maio, ou seja, amanhã. O filme é realizado por Joachim Trier, um cineasta norueguês nascido na Dinamarca, já conhecido pelo público pelo filme Oslo, 31 de Agosto. Em 2006 o realizador já tinha dado que falar com o filme Reprise e agora volta a não desiludir com este novo filme.

Louder than Bombs, apresentado em 2015 na competição da Palma de Ouro em Cannes, é um filme que conta com uma co-produção entre França, Dinamarca e Noruega, sendo falado em francês e inglês e essencialmente filmado em Nova Iorque, nos EUA. Alguma da curiosidade prende-se, para além da produção mundial, ao cast essencialmente americano, contando com nomes como Jesse Eisenberg, e Amy Ryan, apesar do verdadeiro destaque ficar em Isabelle Huppert, a actriz francesa já conhecida pelo filme “Amour” de Michael Haneke.

louderthanbombs3-1600x900-c-default Louder_Than_Bombs_Still

Joachim Trier e Eskil Vogt são autores deste guião que deu que falar ,baseando-se especialmente nas crises emocionais de cada personagem e nas memórias que elas guardam. Começa-se a preparar uma exposição em memória da fotógrafa Isabelle Reed (interpretada por Isabelle Huppert) três anos após a sua morte, trazendo de volta a casa o filho mais velho Jonah (Jesse Eisenberg). Este regresso traz de volta consigo memórias que foram apagadas e de situações não tão bem resolvidas. Esta relação tripartida entre o pai Gene (Gabriel Byrne) , o irmão mais novo Conrad e Jonas, está há algum tempo destruída pela falta de laços que uma vez já existiram, mas que sem Isabelle se tornaram cada vez mais complexos.  

É um filme enigmático, que nos deixa uma ideia quase que romântica de reconciliação e junção de laços já perdidos pelo tempo. São os sonhos que ficam nos retratos das detenções. São eles que não vão embora num núcleo familiar cheio de segredos neste que é um filme que desafia as memórias e questiona a coexistência. Ao longo do tempo fílmico vão caindo pequenos fragmentos que tornam a vida mais complicada e complexa de lidar, e é esse o desafio emocional para cada personagem e para cada passagem das suas vidas.

Comentários

Artigos que poderão ser do teu interesse

ARTIGOS RELACIONADOS