‘Life Will See You Now’ e o lado dançável de Jens Lekman

27 FEVEREIRO, 2017 -

Jens Lekman lançou esta passada semana o seu quarto full lenght, Life Will See You Now. Sendo o seu primeiro LP de 2004, foi em 2009 com o icónico Night Falls Over Kortedala que conquistou os críticos, através de um romantismo que deixou até os mais frígidos sensibilizados – como não gostar da Your Arms Around Me?

Neste novo álbum, Lekman enfatiza mais o lado dançável da sua música. Ainda que preservando a temática do amor, da perseguição e dor de coração, esta abordagem lírica ressoa em algumas músicas a atrevida. Isso deve-se maioritariamente à composição melódica, que transmite um sentimento de calor e exotismo. Os melhores exemplos disso são What’s That Perfume That You Wear, um dos pontos mais altos do álbum, e How We Met, the Long Version, esta última que invoca desde o disco dos anos 70 a uns “desacelerados” Daft Punk.

Evening Prayer é o tema do álbum que mais canoniza Lekman como um dos nomes fulcrais no indie pop feito atualmente. O cantor transparece neste uma das bandas mais influentes para o seu trabalho e da qual é impossível dissocia-lo – Belle & Sebastian. Através do pop terno de teclas e guitarras esta é uma música sólida na sua génese que se completa com o contributo vocal de LouLou Lamotte.

Lekman, em How Can I Tell Him, dá-nos um tema que, ainda que deslocado instrumentalmente do resto do álbum, acomoda a melancolia que o ritmo das restantes musicas não deixa transmitir. É dessa forma, através da compensação, que esta se torna essencial na consolidação do álbum.

O músico sueco mostra assim mais uma vez o seu valor através de um álbum contagiante e conciso, sendo simultaneamente um avanço estilístico e refrescante perante os trabalhos lançados anteriormente.

Comentários

Artigos que poderão ser do teu interesse

ARTIGOS RELACIONADOS