Leonardo DiCaprio envolvido em processo judicial de ‘The Wolf of Wall Street’

16 JUNHO, 2016 -

Andrew Greene afirma que uma das personagens do filme, Jordan Belfort, é directamente inspirada na sua pessoa. No filme de Martin Scorsese, Belfort é representado como um criminoso e maluco que usa drogas. Para Greene tudo isto prejudicou a sua carreira.

A Paramount nega que a personagem tenha sido inspirada em Greene, a produtora afirma mesmo que a personagem de P.J. Byrne é uma mistura de inúmeras pessoas presentes no livro de Jordan Belfort (autor do livro). No entanto, o juiz de Long Island não aceitou a explicação e concluiu que as pessoas que conheciam Andrew Greene estavam sujeitas a semelhanças entre ele e a personagem. Para Andrew Greene nada disto é suficiente e é necessário o depoimento de todos os envolvidos. É aí que entra Leonardo DiCaprio, o actor que deu corpo à personagem Jordan Belfort.

De acordo com documentos judiciais apresentados no inicio desta semana, Martin Scorsese e Terence Winter (o argumentista) já prestaram depoimentos, o objectivo da acusação é levar agora Leonardo DiCaprio a depor. O advogado de um dos réus, Vincent Cox, disse que o testemunho de DiCaprio é “desnecessário“, pois a suposta representação de Greene como Koskoff seria parte do argumento (o que, no caso, Winter poderia responder) ou uma improvisação feita no set (o que poderia ser debatido com Martin Scorsese). Ainda assim, o advogado de Greene diz que o actor norte-americano é “conhecedor de questões importantes sobre o caso” e, segundo o site CinemaBlend, o ex-empresário quer que o actor preste depoimento independentemente da sua preenchida agenda, uma vez que há documentos que requerem que DiCaprio compareça em tribunal.

Segundo consta, os advogados DiCaprio não conseguiram uma data na agenda do actor e ofereceram outra testemunha para responder a algumas questões legais, ao que parece acredita-se que seja um executivo da Appian Way Productions, produtora de DiCaprio.

Por fim, ao que parece para o caso ser resolvido, Greene e os seus advogados precisam de se sentar com Leonardo DiCaprio. e para isso pretendem ir hoje a tribunal para adiantarem o processo, e para isso estão mesmo dispostos a viajarem até Los Angeles para encontrarem o actor.

Comentários

Artigos que poderão ser do teu interesse

ARTIGOS RELACIONADOS

O verdadeiro serviço público faz-se na RTP! Sendo assim, e porque faz todo o sentido darmos desta

Tom Clancy’s The Division foi lançado em

O verdadeiro serviço público faz-se na RTP! Sendo assim, e porque faz todo o sentido darmos desta

O centro comercial Nova Arcada, em Braga, que abriu em Março deste ano, de