‘Land of Mine’: um filme sobre a 2ª Guerra Mundial para ‘restaurar a humanidade que há em nós’

20 ABRIL, 2016 -

A obra cinematográfica germano dinamarquesa já estreou na Alemanha e está a dar que falar. O filme “Land of Mine” está a ser muito bem recebido tanto pelo público como pela crítica da especialidade.

Martin Zandvliet trouxe à tona um capítulo não muito explorado e conhecido da história da Segunda Guerra Mundial. O realizador contou à Euronews como surgiu a ideia para o filme: “Tive a ideia de fazer um filme sobre o lado negro da história da guerra dinamarquesa. Normalmente, ouvimos como fomos bons e como ajudámos os outros. Mas acredito que todas as nações têm um lado obscuro. Foi aí que comecei a fazer a pesquisa”, disse Zandvliet.

Land of Mine“, escrito por Martin Zandvliet que para além de realizar também fez o argumentista, conta-nos a história de um grupo de jovens prisioneiros de guerra nazis que com as próprias mãos foram forçados a retirar milhões de minas terrestres das praias dinamarquesas.

under-sanden-(2015)-large-picture

Quando descobri que os alemães foram forçados a ir para a praia para encontrar minas fiquei muito mais interessado na história, porque pensei que era horrível forçar aqueles rapazes a irem para lá. Sempre defendi que deviam ser os alemães a remover as minas, mas tinham de ser as crianças?”, questionou Zandvliet.

No entanto, existiram grandes dificuldade para realizar o filme pela documentos o que levou o realizador a ter de procurar historiadores amadores com colecções de material de guerra. “Não havia um único livro de história escrito sobre isto. Senti que era um tema que ninguém queria tocar. Mas agora espero que venha a haver algum debate e que um livro de história possa vir a ser escrito” disse o cineasta.

Para Martin Zandvliet o filme ‘Land of Mine‘ restaura a humanidade que existe em todos nós.

O filme ainda não tem data de estreia em Portugal, esperemos que passe por cá.

Comentários

Artigos que poderão ser do teu interesse

ARTIGOS RELACIONADOS

A obra cinematográfica germano dinamarquesa estreou na Alemanha e deu bastante que falar. O filme