Já se conhecem todos os vencedores dos Grammy 2017

13 FEVEREIRO, 2017 -

A 59ª cerimónia dos Gammy 2017 aconteceu este Domingo, no Staples Center, em Los Angeles. Beyoncé e Adele foram as principais indicadas e as favoritas da noite. Já o cantor britânico David Bowie venceu vários gramofones dourados nas seguintes categorias: melhor álbum de música alternativa, melhor actuação rock, melhor design de capa de disco, com o director artístico Jonathan Barnbrook, e melhor álbum de música clássica, em conjunto com Tom Elmhirst, Kevin Killen, Tony Visconti e Joe LaPorta. Tudo isto através do seu último álbum: Blackstar, lançado em 2016.
Por fim, Chance the Rapper também esteve em destaque ao vencer os prémios artista revelação, melhor performance rap e melhor álbum de rap.

Vê a lista completa dos vencedores:

Álbum do ano: “25”, Adele.

Gravação do ano: “Hello”, Adele.

Revelação do ano: Chance the Rapper.

Melhor canção do ano (prémio compositor): “Hello”, Adele e Greg Kurstin.

Melhor performance pop a solo: “Hello,” Adele.

Melhor álbum pop: “25”, Adele.

Melhor álbum pop tradicional: “Summertime: Willie Nelson Sings Gershwin”, Willie Nelson.

Melhor performance duo ou grupo pop: “Stressed Out”, Twenty One Pilots.

Melhor álbum de dança/eletrónico: “Skin”, Flume.

Melhor canção rock: “Blackstar”, David Bowie.

Melhor álbum rock: “Tell Me I’m Pretty”, Cage the Elephant.

Melhor álbum de música alternativa: “Blackstar”, David Bowie.

Melhor álbum R&B: “Lalah Hathaway Live”, Lalah Hathaway.

Melhor álbum urbano contemporâneo: “Lemonade,” Beyoncé.

Melhor álbum rap: “Coloring Book”, Chance the Rapper.

Melhor álbum country: “A Sailor’s Guide to Earth”, Sturgill Simpson.

Melhor performance country a solo: “My Church”, Maren Morris.

Melhor álbum jazz vocal: “Take Me to the Alley”, Gregory Porter.

Melhor álbum jazz instrumental: “Country for Old Men”, John Scofield.

Melhor compilação de banda sonora para visual media: “Miles Ahead”, Miles Davis & vários artistas

Produtor do ano, não clássico: Greg Kurstin.

Melhor vídeo de música: “Formation”, Beyoncé.

Comentários

Artigos que poderão ser do teu interesse

ARTIGOS RELACIONADOS