Ismael Calliano é o artista dos sete ofícios

26 ABRIL, 2016 -

Natural de Maputo (Moçambique) e a residir em Portugal desde os 8 anos, Ismael Calliano é um dos jovens que no nosso país luta por um lugar debaixo dos holofotes para poder mostrar a sua arte. Escritor, ator, poeta e declamador, colaborador de António Capelo, Kuniaki Ida, Joana Providência ou Elóy Monteiro, entre vários outros, Ismael agarra todas as oportunidades para espalhar um pouco dos seus fartos dotes artísticos. Hoje damos-te a conhecer um pouco da sua arte.

Desde 2013 até ao presente, Ismael escreve e produz ‘Desabafos do Henrique Cimento, textos de cariz naturalista, ou monólogos que se vêm a descobrir como diálogos. Representado apenas por um ator (Tiago Araújo) que atravessa todo o expectro emocional em cima do palco, apontando o dedo a todos os espectadores, não desviando o olhar envergonhado do espelho, com vergonha de o desviar.

Desabafos do Henrique Cimento‘ faz parte do Madafaka Concept, um espaço físico e mental de criação artística e cultural levado à vida pelo próprio Ismael, através do pseudónimo CALISMA.

Ismael Calliano faz parte do coletivo de escritores/poetas da ‘cave’ do Pinguim Café e colabora para o suplemento poético ‘Nem Só de Gin Vive o Pinguim’, publicado nas segundas feiras de poesia. As noites de poesia no Pinguim Café acontecem há quase 30 anos e tornaram-se já num local de culto das noites de segunda-feira do Porto. 

ism2

Mais recentemente, Ismael participou na série da RTP2 ‘O Alto, série natural do Marco de Canaveses fruto do sonho de um grupo de jovens atores que lutaram contra tudo e contra todos para fazer a série acontecer. Antes deste grande sucesso, Ismael participou no filme ‘Mau Mau Maria, e em teatros como Um Lugar na Noite (da companhia Má Companhia, sediada no Porto) ou Édipo (Teatro do Bolhão). Participou também na curta-metragem ‘Nunca Pensei que o Bairro Viesse Mesmo Abaixo‘ ou ainda o programa de TV da RTP2 ‘Poesia na Ordem do Dia‘.

Ismael Calliano será certamente um dos nomes a ter em conta no futuro neste panorama cultural e artístico do nosso país. Certamente ainda ouviremos falar muito dele!

Da nossa parte, despedimo-nos do Ismael desejando a melhor sorte do mundo para unir ao talento que já possui, e votos de uma carreira longa e de sucesso.

Comentários

Artigos que poderão ser do teu interesse

ARTIGOS RELACIONADOS

Com interpretação de Tiago Araújo e texto e encenação de