Icónico realizador Béla Tarr vem a Espinho

17 MAIO, 2016 -

Festival de cinema FEST vai ter um workshop com o influente cineasta húngaro

O multi premiado realizador húngaro Béla Tarr vai participar no campo de treino do festival de cinema FEST – Novos realizadores, novo cinema, anunciou hoje a organização do evento que decorre em Espinho de 20 a 27 de Junho.

A participação de Béla Tarr no Training Ground representa uma oportunidade absolutamente única para aprender sobre cinema, não só com uma lenda da realização, mas também com um ícone absoluto do cinema independente“, sublinhou o festival na sua página da Internet.

Vencedor de prémios em festivais como Locarno, Cannes e Berlim, Béla Tarr é professor na escola de cinema de Sarajevo e lançou o seu último filme em 2011, intitulado “O Cavalo de Turim“, primeira obra assinada pelo cineasta a estrear-se em Portugal.

Influente junto de toda uma nova geração de realizadores, o cinema de Béla Tarrexige paciência do seu público“, como escreveu um jornalista do britânico Guardian em 2001, lembrando “Sátántangó” (1994) e as suas sete horas e 30 minutos, que levaram a escritora Susan Sontag a prestar-lhe homenagem: “Devastador e absorvente durante cada minuto das suas sete horas. Ficaria contente por vê-lo todos os anos do resto da minha vida“.

Questionado pelo Hollywood Reporter sobre se iria cumprir a promessa de não fazer mais filmes depois de “O Cavalo de Turim“, Tarr respondeu com certeza: “Não sou um tipo que brinca. Se digo sim podes ter a certeza de que é sim. Se digo não podes ter a certeza de que é não“.

Com múltiplos nomes já confirmados, “o FEST — Training Ground é um evento educativo onde novos talentos emergentes, vindos de todo o mundo, se juntam durante uma semana para participarem numa formação de luxo que inclui ‘workshops’, ‘masterclasses’, palestras e debates orientados por peritos de topo e sucesso reconhecido“.

Anunciados para o campo de treino do FEST estão também o editor de “Gravidade“, Mark Sanger, a directora artística de “Guerra de Tronos“, Gemma Jackson, o editor de “12 anos escravo“, “Shame” e “Sicario“, Joe Walker, entre muitos outros.

Texto Lusa

Comentários

Artigos que poderão ser do teu interesse

ARTIGOS RELACIONADOS

O festival de cinema FEST - Novos Realizadores, Novo Cinema co