Género e Identidade debatidos em ciclo de cinema no Espaço Nimas

3 FEVEREIRO, 2017 -

Numa altura em que se debate tanto acerca das fronteiras geográficas, é importante relembrar que cada pessoa é um corpo dentro de um território e que cada corpo tem a sua fronteira. E como uma pessoa não se limita ao corpo que a circunscreve, o debate sobre questões de identidade e género será sempre actual.

É a este debate que se propõem Sabrina D. Marques, Mariana Gaspar, Bruno Marques e Luís Mendonça numa “iniciativa da Leopardo Filmes, da Medeia Filmes e do Instituto de História da Arte da FCSH/NOVA”. O ciclo intitulado “Género & Identidade” divide-se em quatro secções – (Re)Definições do Feminino, Subjugação e Violência, ‘Women Power’ e Queer e Transgénero – onde poderão ser vistos filmes contemporâneos e clássicos como Asas, de Larisa Shepitko, O círculo, de Jafar Panahi, Quando uma mulher sobe as escadas, de Mikio Naruse, ou Felizes juntos, de Wong Kar-Wai.

Podes ler na newsletter da Medeia Filmes: “Revelando o papel que esta problemática ocupa na articulação com as múltiplas dimensões do ‘político’ e, particularmente, das chamadas ‘políticas da identidade’, o cinema tem permitido aflorar tópicos tão sensíveis com o questionamento dos padrões da ‘normalidade’, dramatizando conflitos e dilemas existenciais afectos aos difíceis processos de construção e reinvenção da identidade e trazendo para o centro do debate os temas da censura, da proibição e do tabu em íntima correlação com os do preconceito, poder, hierarquia, sexismo, exploração e repressão sexual”. E podes também consultar toda a programação aqui.

De 15 de Fevereiro até 19 de Julho, no Espaço Nimas, em Lisboa, sempre às 19h de quarta-feira, é de cinema e de conversa de qualidade que se trata.

Comentários

Artigos que poderão ser do teu interesse

ARTIGOS RELACIONADOS

'How to Become Nothing' junta no Espaço Nimas, a 19 de M

É já no dia 1 de Fevereiro, quarta-feira, que o Espaço Nimas r

Aproveitando o facto de as primeiras obras de Wim Wenders terem sido restauradas,

O novo filme de Gianfranco Rosi estreia amanhã, sendo a primeira sessão às 14h