Fundação Amy Winehouse abre centro de reabilitação para mulheres viciadas em álcool e drogas

2 AGOSTO, 2016 -

A instituição vai ajudar 16 mulheres e vai ser inaugurada a 22 de Agosto. O centro de reabilitação vai acolher jovens entre os 18 e os 30 anos e para além de ajudar mulheres a superarem os seus vícios a instituição vai tentar reintegrá-las na sociedade.

Esta é uma iniciativa da Fundação Amy Winehouse, criada pela família da cantora em Setembro de 2011para reabilitação de mulheres viciadas em álcool e drogas, de acordo com o jornal The Guardian. Dominic Ruffy, que será o director da Amy’s Place, falou sobre a importância do projecto: “A nossa experiência mostra-nos que se deres para uma pessoa um período de tempo após a reabilitação tradicional isso aumenta a percentagem de pessoas que conseguem estar ‘limpas’ por mais tempo”, explicou Dominic.

Dominic Ruffy revelou ainda ao The Guardian que um dos grandes motivos para abrir o centro de reabilitação foi a escassez gigante de centros especializados de ajuda ao sexo feminino neste tipo de circunstâncias, uma vez que existem apenas 6 centros de reabilitação para mulheres em Inglaterra e que só há 1 casa de apoio em Londres.

A própria madrasta de Amy Winehouse, Jane Winehouse, disse que o protejo “fará uma diferença profunda para muitas jovens mulheres, permitindo-lhes um espaço seguro onde poderão reconstruir as suas vidas, bem como pôr em prática todo o conhecimento que adquiriram ao longo da sua reabilitação“.

Ilustração de Inês Caldas

Comentários

Artigos que poderão ser do teu interesse

ARTIGOS RELACIONADOS

A 27 de Outubro de 2006, Amy Winehouse lançava o seu segundo álbum "Back to Black". O regresso da

Amy Jade Winehouse nasce em Southgate, um bairro no norte de Londres, a 14 de Sete