Fundação Amazonas Sustentável vence Prémio Gulbenkian 2016

18 JULHO, 2016 -

O Prémio Calouste Gulbenkian 2016 , no valor de 250 mil euros, será entregue pelo Presidente da República esta quarta-feira, em Lisboa, à organização ambiental brasileira que se tem destacado na defesa da floresta do Amazonas e das suas comunidades.

A Fundação Amazonas Sustentável, a organização ambiental premiada, não tem fins lucrativos e trabalha para “reduzir o desmatamento, preservar a biodiversidade e melhorar a qualidade de vida das populações tradicionais” no Estado do Amazonas, esclarece o comunicado da Fundação Calouste Gulbenkian.

O Prémio será entregue no Anfiteatro ao Ar Livre da Fundação, em Lisboa, pelo Presidente da República, seguindo-se um concerto pela Orquestra Gulbenkian, no dia em que terminam as celebrações dos 60 anos da Fundação Gulbenkian.

O júri, presidido por Jorge Sampaio, teve em consideração a importância das questões ambientais, e enalteceu a Fundação Amazonas Sustentável cujos programas desenvolvidos durante 2015 envolveram 574 comunidades e beneficiaram mais de 40 mil pessoas, adianta o comunicado.

Entre estes, destaca-se o Programa Bolsa Floresta, que promove o desenvolvimento sustentável do Amazonas, o Programa de Educação e Saúde, que desenvolve esforços para ampliar e qualificar a oferta de serviços públicos de saúde e de educação nas comunidades, e o Programa de Soluções Inovadoras, que encoraja projectos para melhorar a produção, a qualidade dos produtos e o rendimento das populações.

A organização brasileira foi criada em 2007, pelo Banco Bradesco, em parceria com o Governo do Estado do Amazonas.

Texto de Lusa / CCA

Comentários

Artigos que poderão ser do teu interesse

ARTIGOS RELACIONADOS

Continuando a arrebatar os corações dos mais diversos componentes da lusofonia, e não só, Caeta

Stefan Zweig foi um dos escritores mais prestigiados e profícuos nas décadas de

A editora Tinta-da-China vai lançar, na terça-feira, no Bras

O documentário, realizado por Belisário Franca, e escrito a duas mãos pelo rea