Filmes sobre os Parkinsons e Capitão Fausto premiados no festival Muvi

5 DEZEMBRO, 2016 -

Uma longa-metragem sobre o grupo rock português The Parkinsons e uma curta sobre os Capitão Fausto estão entre os filmes premiados do Muvi – Festival Internacional de Música no Cinema, que termina hoje no cinema São Jorge, em Lisboa.

De acordo com a organização, o júri escolheu o documentário ‘The Parkinsons: A long whay to nowhere‘, de Caroline Richards, como a melhor longa-metragem portuguesa, embora o público tenha votado em ‘Afinando pessoas, pássaros e flores‘, de Luís Margalhau.

Mais consensual foi a escolha da melhor curta-metragem nacional: ‘Pontas soltas‘, de Ricardo Oliveira e que regista o processo criativo de criação do último álbum dos Capitão Fausto, mereceu o prémio tanto do júri como do público do Muvi.

O júri elegeu ainda ‘Filhos de Bach‘, de Ansgar Ahlers, como a melhor longa-metragem estrangeira, mas o público preferiu ‘Boudewijn de Groot – Come Closer‘, documentário de Suzanne Raes sobre o músico holandês Boudewijn de Groot.

O filme brasileiro ‘Armazém do limoeiro‘, de Fábio Bardella e Filipe Augusto, e o israelita ‘Alouette‘, de Shai Itzhar, conquistaram o prémio de melhor curta-metragem estrangeira pelo júri e pelo público, respectivamente.

Na secção de videoclips, foram premiados ‘What remains‘, do grupo alemão Hundreds, ‘Umbrae‘, dos portugueses First Breath After Coma, ‘Insomnia Trap‘, de Daily Misconceptions, projecto do músico João Santos, e ‘Sete‘, de David Santos, que assina noiserv.

A lista completa dos filmes premiados está disponível aqui. Os filmes distinguidos nesta edição do Muvi serão todos exibidos hoje no encerramento do festival no Cinema São Jorge.

Texto de Lusa/CCA

Comentários

Artigos que poderão ser do teu interesse

ARTIGOS RELACIONADOS

O Super Bock Super Rock regressa ao Parque das Nações. A 23ª edição volta a c

O MIL – Lisbon International Music Network surgiu apresentando-

Os Capitão Fausto atuam na próxima semana, no Colise

O AgitÁgueda contribui para o panorama cultural da cidade de Águeda desde 2006, já passaram pelo