Eric Roth, argumentista de ‘Forrest Gump’, vai escrever ‘Dune’, de Denis Villeneuve

10 ABRIL, 2017 -

Dune, de Frank Herbert, é por muitos considerado como um dos melhores contos de ficção científica da história, e a tarefa de o adaptar ao cinema é vista como dantesca. É, no entanto, com bons olhos que vemos aos poucos o estúdio Legendary Pictures a montar uma equipa de qualidade para trazer esta história ao grande ecrã nos tempos modernos.

Semanas após a confirmação da contratação de Denis Villeneuve para o cargo de realizador do filme, após provas dadas do à-vontade e brilhantismo do realizador no género cinematográfico (foi o realizador responsável por Arrival), chega agora a confirmação por parte do estúdio de que Eric Roth foi o homem escolhido para trabalhar o texto de Frank Herbert.

Roth chega ao projeto com uma bagagem de invejar, tendo sido responsável pelos argumentos de obras como The Horse Whisperer, Ali, The Curious Case of Benjamin Button, e mais notoriamente, Forrest Gump, que lhe valeu o Óscar de Melhor Argumento Adaptado. O filme com Brad Pitt no papel principal, bem como Munich e The Insider valeram-lhe outras três nomeações para o mesmo galardão.

Denis Villeneuve, por sua vez, esteve nomeado apenas uma vez para o Óscar de Melhor Realizador, com Arrival. Foi realizador também do filme que em 2011 esteve nomeado para Melhor Filme Estrangeiro, Incendies. O realizador finalizou recentemente o trabalho Blade Runner 2049, que conta com Ryan Gosling e Harrison Ford, este que se estreará em salas nacionais no dia 6 de outubro.

A história de Frank Herbert já tinha sido adaptada uma vez ao cinema, pelas mãos do realizador de Mulholland Drive e The Elephant Man, David Lynch. O estúdio lançou também a sinopse desta nova adaptação de Dune, que pode ser lida aqui:

«Passando-se num futuro distante, no meio de uma sociedade interestelar feudal na qual casas da nobreza, em controlo de planetas individuais, Dune conta a história de um jovem Paul Atreides, cuja família aceitou a mordomia do planeta deserto de Arrakis. Tendo em conta que este planeta é a única fonte da ‘especiaria’ melange, a mais importante e valiosa substância do universo, o controlo de Arrakis é uma cobiçada – e perigosa – missão. A história explora as interações da política internacional, religião, ecologia, tecnologia e emoções humanas, enquanto as forças do império se confrontam entre si em busca do controlo de Arrakis e da sua ‘especiaria’».

Alguns dos produtores deste projeto são Cale Boyter (The Butterfly Effect), Mary Parent (The Revenant, Pacific Rim), Richard Rubinstein (Dawn of the Dead) e Thomas Tull (trilogia The Dark Knight). Quanto ao lançamento, ainda não foi avançada nenhuma informação sobre uma possível data de estreia de .

Comentários

Artigos que poderão ser do teu interesse

ARTIGOS RELACIONADOS

Foram divulgados mais dois trailers do filme Arrival, a nova obra de

'O Primeiro Encontro'  é um provocador thriller de ficção científica do aclam

Uma leitura na diagonal do plot pode levar-nos a acreditar que Arrival

'O Primeiro Encontro'  é um provocador thriller de ficção cie