Em julho todos os caminhos vão dar ao Rock Nordeste

17 JUNHO, 2016 -

Nos dias 1 e 2 de Julho, em pleno coração de Trás-os Montes, na cidade de Vila Real, decorrerá mais uma edição do Rock Nordeste. Volvidos dois anos, após a alteração do seu formato, o  festival está de volta com dois dias recheados de nomes de peso. Em edições passadas, contou já com a presença de Dead Combo, Capicua, Mão Morta, Moullinex, peixe:avião, Sensible Soccers, Bass Wires Orchestra, entre outros. O Parque do Corgo é novamente um dos palcos escolhidos para duas noites de espectáculos com nomes exclusivamente portugueses, conjuntamente com o Palco Parque, anfiteatro externo do Teatro de Vila Real.

No dia 1 de Julho, pelas 22h30, o festival terá início com um concerto dos Can Cun. Seguir-se-ão Sean Riley & The Slowriders e Linda Martini. O fecho da noite ficará ao encargo do DJ Ride.  No dia 2 de Julho, os concertos iniciam-se pelas 17h30 com a actuação de B Fachada, seguem-se os Best Youth, PAUS, Noiserv e Orelha Negra. Branko, o ex-membro dos Buraka Som Sistema, encerrará a edição de 2016 do festival. Uma edição recheada de nomes que percorrem os palcos nacionais com entrada gratuita, a não perder.

A cidade de Vila Real é ladeada pela natureza única e incomparável das Serras do Marão e do Alvão e convida todos os festivaleiros a conhecer os seus caminhos e a rica gastronomia que tão bem caracteriza Trás-os-Montes.

No site do Rock Nordeste encontras todas as informações necessárias para usufruir ao máximo deste festival- alojamento, acessos, restaurantes e o próprio cartaz. Esta iniciativa visa promover a música e a cultura portuguesa, colocando no interior do nosso país uma referência dos festivais em Portugal.

Horários

1 de Julho
Can Cun 22h30
Sean Riley & The Slowriders 23h40
Linda Martini 1h10
DJ Ride 2h40

2 de Julho
B Fachada 17h30
Noiserv 18h50
Best Youth – TVR 22h30
PAUS 23h50
Orelha Negra 1h20
BRANKO 3h00

Comentários

Artigos que poderão ser do teu interesse

ARTIGOS RELACIONADOS

Muito se tem dito relativamente à falta de qualidade dos discos que saíram em 2016, face ao que f

"A verdade é que a única coisa que exigimos dos espetáculos. É que sejam inteligentes,

De acordo com Adrian Curry, o especialista em cartazes de cinema do reconhecido site

Como seres humanos, temos a necessidade de fazer balanços e listas em relação ao que ficou para