Em 2017 podes descobrir de 8 formas o Convento de Mafra

30 DEZEMBRO, 2016 -

2017 promete ser um grande ano para o Convento de Mafra. A agenda cultural do convento já está estabelecida e é destinada para aqueles que nunca foram ou para quem pretende ir de novo. A oferta desdobra-se em 8 formas de conhecer a obra de maior referência do reinado de D. João V.

Memorial do Convento e a sopa de pedra

Assistir à peça Memorial do Convento, baseada no livro de José Saramago, é uma das atividades que decorre todo o ano. Em 2017 para além da representação há a possibilidade de jantar Sopa de Pedra no Refeitório dos Frades, mediante reserva. Acontece nos primeiros sábados de cada mês, de fevereiro a junho.

Conferências no Convento

José Medeiros, um amador da história local, vai moderar uma série de conferências a realizarem- se do convento. Os livros proibidos da Biblioteca de Mafra vai dar início ao primeiro encontro. A conferencia está marcada para 24 de fevereiro, às 17h30. Seguem-se: As Cerimónias da Quaresma em Mafra, a 18 de março; Vivências no Real Edifício, a 26 de maio, As Escolas e os Reais Estudos de Mafra, a 14 de julho; e Ferramentas e materiais da Construção, a 27 de outubro.

Visita guiada à Tapada

Ir à Tapada Nacional de Mafra com visita orientada vai ser possível em 2017. Estão agendadas 6 datas: 5 de março, 7 de maio, 2 de julho, 6 de agosto, 3 de setembro e 1 de outubro.

Exposição “Memorial do Convento”

A Galilé da Basíliva, a antecâmara do monumento, vai receber uma exposição intitulada de “Memorial do Convento”. A exposição vai estar aberta ao público 26 de março a 21 de maio. A entrada é gratuita.

Recriação histórica

O Convento de Mafra vai recuar aos seus primórdios. “Um dia na construção” é uma recriação do tempo em que o convento e palácio foi construído. O pátio da Basílica vai ser o local escolhido para a encenação, nos dias 24 e 25 de junho, no pátio da Basílica, das 15h00 às 19h00. A entrada é livre.

300 anos da Obra de Mafra numa tela

Nos dias 1 e 2 de setembro, a história da Obra de Mafra vai passar nas paredes do edifício, por intermédio de artistas multimédia. Entrada gratuita.

Música dentro e fora da Basílica

No dia 17 de Novembro colocou-se a primeira pedra do Palácio de Mafra. Este acontecimento vai ser assinalado com musica na Basílica. Os órgãos históricos vão voltar ao ativo. A entrada é paga e as reservas obrigatórias. Depois deste espetáculo, a música continua no Terreiro D. João V.

O Mundo Editorial de 1717

Para terminar o ano em grande, a Biblioteca recebe a partir de 9 de novembro a a exposição “O Mundo Editorial de 1717”.

Texto de Liliana Pedro

Comentários

Artigos que poderão ser do teu interesse

ARTIGOS RELACIONADOS