Cinema argentino está de volta ao São Jorge

6 JUNHO, 2016 -

Festival de Cinema Argentino, dedicado ao novo cinema argentino, está de volta pelo segundo ano consecutivo, de 29 de Junho e 3 de Julho no Cinema São Jorge, em Lisboa. O festival traz-nos 10 longas-metragens, 8 ficções e 2 documentários, e vão ser ainda exibidas 4 curtas-metragens.

A organização diz-nos, em comunicado, que nesta edição as obras cinematográficas revelam olhares sobre o “quotidiano urbano, campestre ou mesmo fantástico que revelam de forma incisiva várias questões políticas, económicas e sociais que emergem da sociedade contemporânea”. Ainda segundo a organização, as escolhas deste ano propõem “uma poética do actual cinema argentino”.

Programa completo:

29 de Junho
20.00 Sessão de Abertura

30 de Junho
16.00 CAMINO A LA PAZ, Francisco Varone
18.00 PAULA, Eugenio Canevari
20.00 EL MOVIMIENTO, Benjamín Naishtat
22.00 PARABELLUM, Lukas Valenta Rinner

1 de Julho
16.00 327 CUADERNOS, Andrés Di Tella
18.00 PARABELLUM, Lukas Valenta Rinner
20.00 EL MOVIMIENTO, Benjamín Naishtat
22.00 EL INCENDIO, Juan Schnitman

2 de julho
14.00 LA MUJER DE LOS PERROS, Laura Citarella e Verónica Llinás
16.00 CUERPO DE LETRA, Julián d’Angiolillo
18.00 EL SER MAGNÉTICO, Mateo Bendesky / GULLIVER, María Alché / LA NOVIA DE FRANKENSTEIN, Agostina Gálvez e Francisco Lezama / THE MAD HALF HOUR, Leonardo Brzezicki
20.00 MI AMIGA DEL PARQUE, Ana Katz
22.00 PAULINA, Santiago Mitre

3 de Julho
14.00 327 CUADERNOS, Andrés Di Tella
16.00 CAMINO A LA PAZ, Francisco Varone
18.00 MI AMIGA DEL PARQUE, Ana Katz
20.00 PAULA, Eugenio Canevari
22.00 EL INCENDIO, Juan Schnitman

Comentários

Artigos que poderão ser do teu interesse

ARTIGOS RELACIONADOS

Jorge Luis Borges apresentou um mundo à própria literatura. O argentino contempl