Christopher Nolan: ‘Quem se importa com a Netflix? Não é mais do que uma moda’

14 JULHO, 2017 -

Dunkirk, que chega aos cinemas portugueses a 20 de Julho, é um dos filmes mais aguardados de 2017, e terá Hans Zimmer a produzir e compor a banda-sonora e Hoyte van Hoytema, que trabalhou com Nolan em Interstellar, como director de fotografia.

Em entrevista ao jornal El Mundo, Nolan revelou que assistir ao seu novo filme de guerra na televisão seria uma espécie de heresia: “A televisão existe desde os anos 50 e a Netflix é televisão. Quem se importa com a Netflix? Não faz diferença para ninguém, não é mais do que uma moda, uma tempestade num copo de água. Qual é a definição de um filme? O que é um filme? Algo que dura duas horas? É um género específico? Não. O que sempre definiu um filme foi o facto de ser exibido nos cinemas. Nem mais, nem menos. O facto de a Netflix fazer filmes para televisão que competem nos Óscares ou no Festival de Cannes significa apenas que o cinema está a ser utilizado como ferramenta de promoção […] Agora, se eu fosse o director de um festival, não aceitaria os filmes da Netflix porque não são filmes“.

Para o cineasta, que já causou alguma polémica ao revelar que aqueles que não gostaram de Interestelar, não entenderam o filme, a sala de cinema é a única e exclusiva forma de se ver um filme: “Os meus filmes favoritos são aqueles que são filmes e nada mais […] são puramente cinematográficos. Não poderiam ser séries de televisão e não poderiam ser contados através da rádio. Quando um filme é visto na televisão, já é outra coisa. A experiência é completamente distinta […] Como cineasta o meu único objectivo e compromisso é criar experiências que só podem ser vividas na sala de cinema“.

No entanto, e para além de defensor da visualização de filmes no cinema, o realizador londrino é um apaixonado e entusiasta da película, filmou Dunkirk em 70mm, 35mm e com algumas cenas capturadas com câmaras IMAX, e falou da tecnologia 4K numa entrevista ao BadTaste: “O que é incrível sobre a tecnologia 4K é o facto de que a imagem se aproxima à filmada em película. Fotoquimicamente falando, películas de 35mm tem uma resolução de pelo menos 6K e filmes em IMAX chegam a quase 18K. Então, conforme os formatos de home vídeo continuem a evoluir, chegamos a 4K – e particularmente um 4K combinado com HDR, o que dá ao espectador, em casa, uma experiência muito próxima da qualidade da imagem capturada diretamente na película“. .

Recentemente temos visto que os serviços de streaming têm financiado e distribuído projetos quase engavetados de cineastas renome. The Irishman, que acaba de contratar Joe Pesci, e que conta com Robert De Niro, Al Pacino e Harvey Keitel, é um bom exemplo disso mesmo. Depois de vários anos em stand by, Martin Scorsese vai agora pôr em prática a sua obra. É de relembrar ainda que a Netflix vai restaurar o filme “perdido” de Orson Welles, The Other Side of the Wind.

Segundo o The Film Stage, a história de Dunkirk será dividida em três diferentes histórias: na água com a marinha (Cillian Murphy e Mark Rylance), onde será mostrado como os civis resgataram os soldados, na praia com a infantaria (Fionn Whitehead e Harry Styles) e por fim no ar com a força aérea (Tom Hardy).

Para os soldados envolvidos no conflito, os eventos passam-se em diferentes tempos” disse Nolan à Premiere Magazine e acrescentou: “Na terra, alguns ficam uma semana presos na praia. Na água, os eventos duram no máximo um dia. E se estivesses a voar para Dunkirk, os aviões britânicos [Supermarine Spitfire] levavam uma hora de combustível. Para conjugar estas diferentes versões da história, tive de misturar camadas temporais. Uma estrutura complicada, mesmo que seja uma história simples.” Por fim, Nolan revelou ainda à Premiere que: “Será o meu filme mais experimental. De longe. Mas espero ser subtil nisso.”

Agora, é só esperar pela nova aventura de Nolan numa tela no cinema!

Comentários

Artigos que poderão ser do teu interesse

ARTIGOS RELACIONADOS

Em primeiro, e antes tudo, é preciso referenciar que por muito que queiramos não vamos conseguir

Quem gosta de cinema terá sempre algo a dizer sobre os filmes de Christopher Nolan. Jorg

Chegado esta semana às salas de cinema portuguesas, Dunkirk depressa foi alvo de elaborad

Dunkirk, rodado em 70mm, 35mm e com algumas cenas capturadas com câmaras