China cria a maior empresa de energia do mundo

28 AGOSTO, 2017 -

As autoridades chinesas aprovaram a fusão entre o principal grupo mineiro do país e uma empresa eléctrica de topo, criando a maior empresa energética mundial. 

A empresa que resultará da junção das duas empresas estatais – a Shenhua Group Corp. (a maior produtora chinesa de carvão) e a China Guodian Corp será a National Energy Investment Group Co. Ltd.

A SASAC (State-owned Assets Supervision and Administration Commission) anunciou a aprovação da fusão sem avançar mais pormenores sobre a operação.

De acordo com a agência Bloomberg, a nova empresa será a maior do mundo em termos de capacidade instalada, como os ativos totais a ultrapassarem os 1,8 biliões de yuans (perto de 270 mil milhões de euros).

Pequim comprometeu-se com o corte da capacidade de produção de carvão para minorar a poluição. Cancelou a construção de dezenas de novas centrais a carvão devido à sobrecapacidade de produção.

O principal negócio da Shenhua Group Corp envolve a produção e venda de carvão, transporte de carvão e materiais derivados por via ferroviária e marítima, bem como a geração e venda de energia.

A China Guodian Corp desenvolve, opera e gere ativos de geração de energia e organiza a produção e venda de eletricidade.

O governo chinês iniciou um processo de fusões entre os grupos estatais que controlam indústrias como o carvão, energia, aço e químicos. O objetivo é torná-los mais eficientes.

Na segunda maior economia mundial os setores chave da economia são detidos por empresas estatais, muitas delas ineficientes e deficitárias.

Artigo escrito por Magalhães Afonso, publicado no nosso parceiro jornal i

Comentários

Artigos que poderão ser do teu interesse

ARTIGOS RELACIONADOS