No século XVI, Thomas Morus criou uma terra remota, com mais do que uma cidade, com abismos que flanqueavam a costa litoral (Utopia, 1516); no século XVII, Tommaso Campanella criou uma monumental cidade sobre uma colina que se elevava numa ampla planície (A Cidade do Sol, 1602). Todavia, os habit

Domingo, hoje, a França vai a votos e a Europa muda. Seja pelo assustador caminho proto-fascista da Frente Nacional ou pela ausência de anterior experiência das restantes vias líderes nas sondagens, é seguro afirmar que o grande derrotado das presentes eleições é o discurso de continuidade.

Pela heterogeneidade das gentes que o compõem, acredito pouco num Portugal demograficamente coeso. As generalizações pecam sempre por erróneas e falham sempre por muito; ainda assim, se excluirmos o afinco e rigor no trabalho, a vulgarização da saudade e o amor pelo Éder, há muito pouco de c

In media res é um espaço de ensaio a partir de elementos culturais. Reflexões desprovidas da lógica cronológica. O privilégio da ordem das nossas coisas. Sem pretensão avaliativa ou necessidade de aferição científica. Comprometida, somente, com a turva impressão pessoal do mundo das coisa

O título foi roubado do editorial do The New York Times, “Hungary’s Assault on Freedom” publicado na edição online do jornal no último dia 7. Mas é de longe a melhor forma de descrever o que desde há algum tempo vem acontecendo na Hungria. Um verdadeiro assalto à liberdade, orquestrado

Este pedido do facebook, aparentemente inocente, sobre o que nos ocorre dizer ou mostrar à comunidade, é um belo exercício que põe em questão a necessidade do protagonismo. Se fossemos analisar as motivações das nossas publicações, porventura, a larga maioria delas seria fundamentada por pr

“Eu sempre fui fascinado pelo tempo, pela subjetividade do tempo, e o ‘Interstellar’ é o primeiro filme em que pude explorar isso como uma parte literal da história.” Christopher Nolan em “Interstellar: ‘Nolan’s Odyssey” (2014) Christopher Nolan pertence a uma nova gera

Não será arriscado afirmar que o cinema português foi, até à década de 50, um dos mais fortes no panorama europeu. Essa projecção internacional só não era maior devido à enorme clarividência do mercado soviético e germânico, mas a nível de qualidade e visão foi sem dúvida um dos mai

O aroma primaveril de Março proporciona momentos de grande inspiração que levam à criação de grandes obras poéticas e de conteúdo lírico. Poderíamos falar da publicação de Os Lusíadas em Março de 1572, do primeiro número da revista Orpheu fundada por Fernando Pessoa, Mário de Sá-Car

Há determinadas ocupações que nós designamos por profissões, ou seja, que implicam o pagamento de determinado montante pelo serviço prestado, porque lidamos com misteres que só os profissionais da área estão habilitados. Por isso, delegamos nos outros essas tarefas que nós ignoramos. Se va