Com honras de Sessão de Encerramento do LEFFest ’16, Nocturnal Animals, de Tom Ford, surge sete anos após A Single Man. Baseado na obra literária Tony And Susan e filmado através do elegante olhar do estilista, em Nocturnal Animals é notada toda a elegância que lhe era a priori presumida,

O ritmo lento da primeira hora do filme, leva-nos a acreditar que o mesmo caminha numa direcção oposta àquela que efectivamente escolhe. Poucas pistas nos são dadas, mas sentimos uma aura diferente. Prolífico no Japão, o típico drama familiar leva um abanão inesperado. A sua hora inicial, pr

Antecipado com grande expectativa e aclamado como um dos acontecimentos indie do ano, American Honey é uma obra da realizadora Andrea Arnold. A inglesa, que em 2009 nos trouxe o fantástico Fish Tank, foge assim do seu “aquário” britânico, aventurando-se pelas estradas americanas. Um road mov

Nos tempos que correm no cinema, onde ideias recicladas (já se perdem as contas aos remakes e sequelas) e decisões artísticas limitadas logo à nascença dão origem a “novos” filmes, Hell or High Water é um refrescante back to basics com relevância política e social actual. Realizado por

Nomeado para a Palma de Ouro em Cannes e exibido no Lisbon & Estoril Film Festival estando em competição, Elle é um glorioso retorno por parte de Paul Verhoeven a uma fórmula que bem conhece, após ter marcado de forma indelével a história do cinema em 1992, com Basic Instinct. Essa aborda

Não há neste Doctor Strange uma fórmula inovadora dentro do usual no Universo Marvel. Ainda que a mesma se tenha aqui reinventado em certa medida, sentimos já conhecer toda a sua história e abordagem como se de uma mera reciclagem de filmes anteriores se tratasse. Esperava-se uma “aborda

Pode ler-se no comigsoon.it que «Rocco Siffredi é para a pornografia o que Mike Tyson é para o pugilismo: uma lenda viva». O homem que sempre teve o desejo como único Deus decidiu também ele pendurar as ‘luvas’ no ano passado, e com essa decisão, Rocco fez talvez o filme mais impo

Marcámos presença na exibição do filme Silêncios do Olhar, a mais recente obra de José Nascimento. Descrito como uma obra documental sobre a vida e obra de José Álvaro Morais (falecido em 2004), este filme foi muito mais do que isso, foi uma homenagem a todo o cinema português sob a forma d

Obra de Bernardo Pires de Lima, investigador do Instituto Português Relações Internacionais da Universidade Nova de Lisboa, “Putinlândia” não é somente uma análise sobre a Rússia de Putin como o título poderia erradamente fazer crer num primeiro instante. Ao invés disso, este é um liv

A nova obra do enfant terrible do cinema Xavier Dolan, é adaptada da obra do dramaturgo francês Jean-Luc Lagarce. O realizador descreve “Juste la fin du monde” como “my first as a man”. Propositadamente “insuportável” e dramática, a maturidade da obra é inquestionável e tr