O cinema do russo Andrey Zvyagintsev parece contrariar uma certa crise de ideias da filmografia local, outrora uma das grandes potências mundiais. Só que o país que também já foi império tem vivido nos últimos anos um tempo de depressão e desencanto. Depois de um olhar ao sistema de favor

O cinema de Todd Haynes sempre teve queda para viajar no tempo e captar uma certa emoção na deriva. Depois de Poison e Safe, o par de filmes que o afirmou como cineasta indie a não perder, durante os anos 90, Haynes passou a viajar no tempo com um cinema rigoroso, precioso, e frequentemente afeta

Na coletiva de imprensa após o início de Cannes com Les Fantômes d’Ismaël dois lados de um argumento foram postos em causa. “Eu pessoalmente entendo que a Palma de Ouro não deve ser entregue para um filme que não foi visto nos cinemas”, disse o cineasta espanhol que é o presidente do j

Sem vitimização, nem floreados. Racismo, privilégio e desigualdade são palavras chave neste documentário urgente e absolutamente contemporâneo. Depois de esgotar a única sessão no IndieLisboa, chega agora às salas de cinema. A voz é familiar. Afinal, é Samuel L. Jackson o narrador da hist

O novo drama religioso “Fatima” vai contar com a presença dos dois atores “notavelmente talentosos”, confirma a produtora norte-americana. O filme vai ser realizado por Marco Pontecorvo. Por cá, a história já é conhecida. Mas o fenómeno de Fátima vai ser agora transposto para o grande

Na próxima segunda-feira, dia 22 de Maio, o cinema custa 2,50 euros, até ao dia 24. Esta iniciativa acontece em todas as salas do país. Trata-se da terceira edição da Festa do Cinema, a iniciativa é da Associação Portuguesa de Empresas Cinematográficas, com o apoio do Instituto do Cinema

Até dia 28, Cannes volta a receber o mais importante dos festivais de cinema, para a sua 70.ª edição, que arranca hoje, com “Ismael’s Ghosts”, do francês Arnaud Desplechin. Notícias há muitas e a abrir a edição de 2017 de Cannes, que acontece ser a 70.ª, haverá para todos os gostos.

Risco de atentado eleva nível de segurança. Em terras de Marine Le Pen, o novo Presidente Emanuel Macron mostra braço musculado de segurança para proteger as estrelas e o cinema do mundo. Poucos dias depois do investimento do Presidente Emmanuel Macron, percebe-se que não há desejo de correr o

Filmes dos quatro cantos do mundo que vieram visitar Lisboa. Todos os continentes representados. Na secção de longas-metragens da Competição Internacional, faltou um representante da Oceania, mas o sudeste asiático fez-lhe as vezes. Os filmes são a primeira, a segunda, ou a terceira obra de qu

Como é, este vai ser o ano do austríaco Michael Haneke, do grego Yorgos Lanthimos, do americano Todd Haynes? Ou serão mulheres, Sofia Coppola, Naomi Kawase e, sobretudo, o muito aguardado regresso de Lynne Ramsay a levar a Palma de Ouro? Paulo Portugal, em Cannes Não há volta a dar, nesta roda