Após a troca de argumentos entre Almodóvar e Will Smith sobre o grande ecrã vs serviços de streaming a gigante Netflix já transmitiu a sua opinião. É de relembrar que toda esta controvérsia se deve ao facto de que dois dos filmes candidatos à Palma de Ouro em Cannes não irão estrear no gr

Se há algo a louvar no cinema do grego Yorgos Lanthimos é a sua incessante necessidade de desconstrução da sociedade. As suas criações distópicas, utópicas e antinaturais revelam a genialidade não só da sua técnica fílmica, mas também da sua extraordinária capacidade criativa enquanto

Gradualmente, o provocador grego Yorgos Lanthimos parece começar a ficar enredado no seu próprio jogo. Depois do ainda fresco Lobster, na sua última participação em Cannes, há dois anos atrás, Yorgos regressa para atravessar a avenida do horror, em que nos lembramos o ambiente opressivo d

Haneke serve-se do Live do Facebook para conferir um lado algo creepy a um estudo de personagens que acabam nos fazer recordar alguns dos seus filmes anteriores. E assim pisca o olho à Palma e a Almodóvar. Quem não esboçou um sorriso suspeito e enigmático ao saber que Michael Haneke preparava u

Willem Dafoe irá protagonizar o icónico pintor Van Gogh no filme At Eternity’s Gate, que será realizado por Julian Schnabel (Before Night Falls), também ele pintor e vencedor do prémio de melhor director em 2007 no festival de Cannes. Ganhou um globo de ouro e 4 prémios da academia pelo seu

Foi hoje (dia 21 de maio) renovado o fundo de incentivo à coprodução luso-francesa, iniciado em 2014, entre o CNC (Centro Nacional do Cinema e Imagem em Movimento) e o ICA. Frédérique Bredin, Presidente do CNC, e Filomena Serras Pereira, Presidente do ICA, assinaram essa convenção que visa

Jean-Luc Godard será provavelmente dos cineastas mais reservados. Apesar de estar há já algum tempo a terminar o seu próximo projeto não gosta de aparecer. Este ano apareceu, mas não na forma como muitos desejavam. Ainda assim, na versão ligeira, e mesmo divertida, como personagem do último

Depois de uma abertura morna com Os Fantasmas de Ismael, de Arnaud Desplechin, fora de concurso, o festival aqueceu com convite ao encantamento por Todd Haynes, em Wonderstruck. Mas foi o desencanto evidenciado em Loveless, do russo Andrey Zvyagintsev que nos conquistou. Sim, a competição para a P

Filme a filme, o festival de Cannes vai gradualmente avaliando o estado das nossas convicções. E com filmes muito acima do aceitável. Logo de manha sentimos a pulsação vibrante de um grupo de seropositivos ativistas em 120 Battements Par Minute, do francês Robin Campillo, apesar de não termos

O actor Shia LaBeouf vai ser o protagonista do filme Borg/McEnroe. As filmagens vão acontecer na Suécia, Londres, Mónaco e Nova Iorque, entre Setembro e Dezembro deste ano. A obra biográfico será realizada pelo dinamarquês Janus Metz Pedersen, e o actor norte-americano Shia LaBeouf, que