A Fundação Francisco Manuel dos Santos apresentou, na passada terça-feira, as novidades editoriais para o último quadrimestre do ano. São 6 livros de Não-Ficção, contextualizados pelas colecções “Ensaios” e “Retratos”. No Espaço Espelho d`Água, em Lisboa, David Lopes,

Nas velhas e sujas ruas de X-Ville (nome fictício), em Nova Inglaterra, Eileen Dunlop transitava ao volante de um velho "Dodge" entre casa, trabalho e as lojas onde comprava bebida. Recebia 57 dólares por semana a prestar serviços de secretariado num centro particular de correcção de jovens. D

No Museu do Oriente, em Lisboa, foram anunciadas as novidades editoriais das chancelas Bertrand, Quetzal Editores, Temas e Debates, Círculo de Leitores, Contraponto, Pergaminho, ArtePlural, GestãoPlus e 11x17. São mais de 80 livros até ao fim do ano. Dan Brown e António Dam

Na Biblioteca Palácio Galveias, em Lisboa, as chancelas Porto Editora, Assírio & Alvim, Sextante Editora, Livros do Brasil, Albatroz e Coolbooks anunciaram um conjunto de 75 títulos para o próximo quadrimestre. A Assírio & Alvim anunciou a publicação de

Há pior inferno do que o aberto pela primeira frase de "Canção Doce" (Alfaguara)? Leila Slimani (Rabat; 1981) enfrenta o pior pesadelo de um pai ou de uma mãe: a morte dos filhos. Depois de narrar as desventuras de Adèle, uma mulher sexualmente compulsiva, em “Dans le Jardin de 

José Rentes de Carvalho apresentou «Trás-os-Montes, o Nordeste» (Fundação Francisco Manuel dos Santos), na 30.ª Feira do Livro de Mogadouro. A Biblioteca Municipal Trindade Coelho teve muitos leitores para ouvirem falar de si e da sua terra, no penúltimo dia

Charles Manson inscreveu-se na realidade e no imaginário norte-americano com o sangue das suas vítimas. Os assassinatos de Sharon Tate, grávida de oito meses, e seus amigos foram os mais impactantes e brutais. Mas antes outras vítimas foram feitas. Sem facadas nem tiros. A primeira destrui

Com um discurso lento, ponderado, por vezes contraditório, Rachel Cusk (n.1967) demonstrou muita cautela durante a conversa com a Comunidade Cultura e Arte [CCA], em Matosinhos, durante o "LeV- Literatura em Viagem". O seu instinto de defesa está mais alerta depois de comentários muito agressivos

A 11ª edição do "LeV-Literatura em Viagem", que decorreu entre 12 e 14 de Maio, enfrentou desafios inauditos. Estavam reunidas as condições para que tudo corresse muito mal. Mas isso não aconteceu. A Galeria Municipal de Matosinhos encheu-se de público para assistir a conversas e entrevistas

Henry Chinaski é um sacana com lábia. Os admiradores de Bukowski conhecem-no bem. Álcool, sexo, libertinagem e procrastinação são de feitio. A pobreza e a deterioração física são consequências dessa vida desregrada.  Ele é livre como todos gostaríamos de ser. Talve