Assaltantes devolvem quadros de Dali e de Lempicka roubados há sete anos

28 JULHO, 2016 -

Arthur Brand, detective especialista em arte, contou que foi contactado pelos próprios assaltantes através de um intermediário, pois “não queriam ser culpados de destruição ou revenda das obras de arte”.

Duas pinturas roubadas há sete anos do museu holandês Scheringa, uma de Salvador Dali e outra de Tamara de Lempicka, foram devolvidas pelos ladrões, anunciou esta quarta-feira um detective especialista em arte.

Arthur Brand, citado pelo jornal holandês De Telegraaf, disse ter sido contactado pelos próprios assaltantes através de um intermediário, pois “não queriam ser culpados de destruição ou revenda das obras de arte“.

As obras são “Adolescência“, de 1941, do artista surrealista catalão Salvador Dali, e “La Musicienne”, de 1929, da polaca Tamara de Lempicka.

O detective entregou as pinturas à Polícia britânica Scotland Yard, que entrou em contacto com o proprietário legítimo das obras, cuja identidade não foi revelada.

As duas obras de arte foram roubadas do Scheringa Museum of Realist Art, na cidade holandesa de Spanbroek, nordeste do país, a 01 de maio de 2009.

dali-lepimcka

Texto Lusa

Comentários

Artigos que poderão ser do teu interesse

ARTIGOS RELACIONADOS

Quase no fim do conturbado século XIX, nasce Gustav Klimt

A questão da utilidade da arte é recorrente. Encontro-me bastante longe de Portugal, numa das cid

O ano de 2017 não podia começar melhor! A Netflix acaba de anunciar que irá lan

Esta crónica foi escrita depois da