Antes e depois de grandes cidades mundiais

20 JULHO, 2016 -

Nos últimos 100 anos o mundo evoluiu de forma rápida. A tecnologia invadiu cidades como Hong Kong e Dubai tornando-as em grandes metrópoles mundialmente conhecidas. As diferenças são bem visíveis e as semelhanças bastante escassas. O site Bored Panda dá-nos a conhecer o antes e o depois destas cidades e em como elas cresceram.

Dubai – É a maior cidade dos Emirados Árabes Unidos com aproximadamente 2 262 000 habitantes. A cidade é conhecida por ser extremamente desenvolvida e pelos seus enormes arranha-céus e largas avenidas. O Dubai progrediu muito economicamente nos últimos 10 anos, mas as condições dos trabalhadores são semelhantes às do século XIX com baixos salários e más condições.

Dubai antes

Seul – É a capital e a maior metrópole da Coreia do Sul com mais de 25 milhões de habitantes. Seul é considerada uma cidade global importante. O “boom” económico chamado de “Milagre do rio Han” transformou Seul na transformou-a na 4ª maior economia metropolitana do mundo, com um PIB de 774 bilhões de dólares em 2012, depois de Tóquio, Nova York e Los Angeles.

seoul antes

Vilnius – É a capital da República da Lituânia com cerca de 600 mil habitantes.A cidade é o principal centro económico da Lituânia e um dos maiores centros financeiros dos Estados Bálticos. Mesmo que tenha somente 15% da população lituana, Vilnius produz cerca de 35% do PIB.

lituania antes

Abu Dhabi – É a capital dos Emirados Árabes Unidos e a maior cidade dos Emirados ocupando cerca de 86.7% área total do país. É o emirado mais rico dos Emirados Árabes Unidos em termos de Produto Interno Bruto e renda per capita. Mais de 1 trilhão de dólares são investidos nesta cidade. Abu Dhabi, cresceu muito nos últimos anos, devido ao petróleo.

abu dhabi antes

Singapura – É uma cidade-Estado insular localizada na ponta sul da Península Malaia, no Sudeste Asiático. O país é o que apresenta o maior Índice de Desenvolvimento Humano dos países asiáticos. Singapura é líder mundial em diversas áreas: é o quarto principal centro financeiro do mundo, o segundo maior mercado de casinos e o terceiro maior centro de refinação de petróleo do mundo.

singapura antes

Tóquio – É a capital e uma das 47 províncias do Japão. A cidade é o principal centro político, financeiro, comercial, educacional e cultural do Japão. Tóquio possui a maior concentração de sedes de empresas comerciais, instituições de ensino superior, teatros e outros estabelecimentos comerciais e culturais do país.

japao antes

Rio de Janeiro – É uma das 27 unidades federativas do Brasil. Representa o segundo maior PIB do país estimado em cerca de 140 bilhões de reais. Rio de Janeiro é sede das duas maiores empresas brasileiras – a Petrobras e a Vale, e das principais companhias de petróleo e telefonia do Brasil. Com um grande número de universidades e institutos, é o segundo maior polo de pesquisa e desenvolvimento do Brasil, responsável por 19% da produção científica nacional, segundo dados de 2005.

brasil antes

Sydney – É a capital do estado de Nova Gales do Sul e a cidade mais populosa de toda a Austrália e Oceania. A cidade tem uma economia de mercado avançada, com pontos fortes em finanças, manufatura e turismo. O seu PIB foi de 337,4 bilhões de dólares em 2013, maior do que o de países como a Dinamarca, Singapura e Hong Kong. Existe uma concentração significativa de bancos estrangeiros e empresas multinacionais em Sydney e a cidade é considerada o principal centro financeiro da região Ásia-Pacífico.

sidney antes

Fortaleza – É um município brasileiro, capital do estado do Ceará, situado na região Nordeste do país. A cidade foi em 2012 a décima cidade mais rica do país em PIB e primeira do Nordeste, com 43 bilhões de reais. Possui, ainda, a terceira região metropolitana mais rica das regiões Norte e Nordeste. É importante centro industrial e comercial do Brasil, com o oitavo maior poder de compra municipal da nação. No turismo, a cidade alcançou as marcas de segundo destino mais desejado do Brasil e quarta cidade brasileira que mais recebe turistas de acordo com o Ministério do Turismo.

fortaleza antes

Bangkok – É a capital e cidade mais populosa da Tailândia, além de principal centro financeiro, corporativo, mercantil, cultural e histórico do país. É a décima cidade mais populosa da Ásia e a vigésima quarta mais populosa do mundo. Os altos investimentos económicos recebidos pelos novos tigres asiáticos na década de 1980 e 1990 resultou em um grande número de empresas multinacionais sediadas regionalmente em Bangkok.

bangkok antes

Atenas – É a capital e maior cidade da Grécia. Atenas domina a região da Ática e é uma das cidades mais antigas do mundo, sendo que o seu território está continuamente habitado há 3400 anos. Atualmente, é uma metrópole cosmopolita e o centro económico, financeiro, industrial, político e cultural da Grécia. Em 2012, Atenas foi classificada como a 39ª cidade mais rica do mundo por paridade do poder de compra e a 77ª mais cara em um estudo do UBS AG.

atenas antes

Berlim – É a capital e um dos dezesseis estados da Alemanha. Com uma população de 3,5 milhões dentro de limites da cidade, é a maior cidade do país, além de ser a segunda mais populosa e a sétima área urbana mais povoada da União Europeia. Berlim é uma cidade global e um dos mais influentes centros mundiais de cultura, política, media e ciência. A sua economia é baseada principalmente no setor de serviços, abrangendo uma variada gama de indústrias criativas, as corporações de media e locais de convenções.

berlim antes

Toronto – É a maior cidade do Canadá e a quarta maior cidade da América do Norte. Toronto é o centro financeiro e o maior pólo industrial do Canadá, bem como um dos principais centros culturais e científicos. É considerada uma cidade global alfa, exercendo significativa influência em nível regional, nacional e internacional. A cidade possui uma das economias mais diversificadas da América do Norte, com a maior concentração de sedes de empresas, instituições culturais e a maior comunidade artística do país. Em janeiro de 2015, Toronto foi considerada pelo Economist a melhor cidade do mundo para se viver.

toronto canada antes

Texto de Liliana Pedro

Comentários

Artigos que poderão ser do teu interesse

ARTIGOS RELACIONADOS