50 anos de ‘The Velvet Underground & Nico’

12 MARÇO, 2017 -

A 12 de Março de 1967 era lançado ‘The Velvet Underground & Nico, o primeiro álbum de The Velvet Underground com a colaboração de Nico. O álbum viria a ser um fracasso comercial e viria a ser ignorado por grande parte dos críticos da altura. O músico Brian Eno viria a dizer que, embora o álbum apenas tenha vendido 300 000 cópias, toda a gente que o comprou formou uma banda, dando ênfase à vasta influência deste álbum no panorama musical.

A banda, constituída por Lou Reed, John Cale, Sterling Morrison e Maureen Tucker, com a colaboração de Nico, gravou o álbum durante o Exploding Plastic Inevitable, um evento de performances artísticas organizado por Andy Warhol, do qual a banda fez parte.

Embora creditado como único produtor do álbum, Andy Warhol influenciou a banda de outras formas e fez pouco do trabalho que seria esperado de um produtor. Para além de pagar pelos custos de produção, que terão sido de por volta dos 3000 dólares, terá também convencido os membros da banda a contratar Nico, que tinha trabalhado com Brian Jones e Jimmy Page, e terá também sugerido a Lou Reed que escrevesse sobre Edie Segdwick, a sua musa na The Factory de Nova Iorque, de onde surgiu o tema Femme Fatale.

Várias editoras rejeitaram a gravação do álbum, sendo que apenas a editora Verve Records aceitaria o disco de acetato que a banda tentava então promover. Antes do lançamento do álbum, a editora faria ainda um requerimento à banda para voltar ao estúdio, no final de 1966, e incluir Sunday Morning no álbum para tornar o seu som mais comercial.

O lançamento do álbum seria adiado por cerca de um ano devido ao design da capa, produzido por Andy Warhol, e que requeria uma máquina especial para o seu fabrico.

The Velvet Underground & Nico seria, contudo, banido das estações de rádio devido às letras sugestivas de prostituição, drogas, masoquismo e de fetiches sexuais.

No ano de 2003, a revista Rolling Stone considerou The Velvet Underground & Nico como o 13º melhor álbum de sempre na votação 500 Greatest Albums Of All Time.

Comentários

Artigos que poderão ser do teu interesse

ARTIGOS RELACIONADOS

Jared Leto não pára e para além de encarnar o papel do artista Andy Wa

Jean-Michel Basquiat foi um dos principais nomes da história da arte urbana, pion

Passam hoje 30 anos depois do desaparecimento de um dos artistas mais influentes da segunda metade

Em 1974, a modelo Cindy Lang comprou a Andy Warhol um exemplar em vermelho de "Little Electric Char