2ª temporada de ‘Stranger Things’ será inspirada em ‘Indiana Jones and the Temple of Doom’

29 AGOSTO, 2016 -

Stranger Things” é um dos novos sucessos da Netflix e ao que tudo indica a nova temporada vai ser inspirada em “Indiana Jones and the Temple of Doom“, de 1984. Esta será assim uma das influências mais vincadas nos próximos episódios da série mais badalada deste Verão. Depois do êxito alcançado, Reed Hastings, CEO da Netflix, revelou que seria uma “estupidez” não continuar com o projecto.

A série criada por Matt Duffer e Ross Duffer é um dos maiores sucessos na ficção televisiva em 2016 e regressa já no próximo ano. A história da nova temporada acontecerá um ano depois, mais propriamente em 1984, dos acontecimentos ocorridos na primeira season. Segundo os irmãos Duffer 1984 foi um ano incrível, especialmente os filmes que saíram no verão desse ano. Foi um ano óptimo para a cultura pop… Por isso estamos a tentar capturar um pouco da magia de um desses filmes. Algo como o ‘Indiana Jones and the Temple of Doom’ que, por acaso, adoramos. Adoramos a ideia de este filme ter ficado um pouco mais sombrio e estranho do que o anterior. Assustou uma data de miúdos e gostamos muito do filme por causa disso, que tenha traumatizado algumas crianças. Não queremos traumatizar crianças, apenas queremos tornar a série um bocado mais sombria e estranha“.

strangerthings_promotionalstill.0.0

O enredo de “Stranger Things” não é indistinto perante a experimentação feita nesse período de tempo. Realizadores como George Lucas, Ridley Scott, John Carpenter e essencialmente Stephen Spielberg vêem o seu estilo cinematográfico a tomar raízes no pequeno ecrã. Assim, e com lugar no referenciado Indiana dos anos 80, dá-se o desaparecimento de um jovem de 12 anos de nome Will Byers. Corria o dia de 6 de Novembro de 1983. Ao lado da sua mãe Joyce, os seus amigos Dustin Henderson, Lucas Sinclair e Mike Wheeler tomam a iniciativa de ir à procura de Will, com a liderança do polícia Jim Hopper. No dia seguinte, uma rapariga com poderes sobrenaturais comunica-lhes que sabe do paradeiro do jovem. A história vai-se tornando mais interessante consoante os oito episódios previstos para a primeira temporada são transmitidos. Eventualmente, uma força governamental sinistra toma um papel de encobrimento do caso, actuando em paralelo com uma outra que se esforça para fazer o contrário. Torna-se evidente também uma fragrância do autor Stephen King nesta abordagem obscura e transcendente da realidade dos “eighties”.

I9QdiAX

Comentários

Artigos que poderão ser do teu interesse

ARTIGOS RELACIONADOS

A série criada por Raphael Bob-Waksberg está de volta! BoJack,

A Netflix não volta ao Festival Internacional de Cinema de Cannes se não mudar a

Não há como contornar, se “Stranger Things” foi a febre do mês de Agosto,

#Cartel, de Chris Brancato, mostrará como o tráfico d