#24 Essenciais do Cinema

25 AGOSTO, 2017 -

Look Fantastic PT 180X150
Womens Bags PT 300 x 250

Se estás a ler isto é porque chegaste ao “Essenciais do Cinema”– uma nova rubrica da CCA para quem quer descobrir um pouco mais. Com temáticas menos generalizadas, por vezes menos actuais mas igualmente relevantes. Com tudo isto, é normal que por aqui encontres – e temos mesmo de te avisar – mais texto. Bem-vindo ao “Essenciais do Cinema”.

Battleship Potemkin (1925)
Realizador: Sergei M. Eisenstein
Protagonizado por: Aleksandr Antonov, Vladimir Barskiy e Grigoriy Aleksandrov

Este é daqueles filmes que me surpreenderam muitíssimo, juntamente com “Cabiria”, quando o vi. É extremamente gráfico com cenas que, de facto, podem surpreender os mais sensíveis, basta recordar a cena da escadaria que me arrepiou, na altura, e que ainda hoje me arrepia só de pensar nela. O filme dramatiza um evento real ocorrido em 1905, quando houve um motim no couraçado Potemkin, em que a tripulação se rebelou contra os oficiais do couraçado. O filme também representou algo, politicamente. Tendo em consideração o ano de 1925, com o fortalecimento do regime comunista soviético e ascensão dos ideais comunistas, em que o fraco deve lutar contra o forte. O filme ganhou o título pela Brussels World’s Fair, em 1958, do melhor filme de todos os tempos. O título parece-me bastante rebuscado, tendo em conta outros filmes que assim poderiam ser denominados, no entanto é um facto que foi um filme que me surpreendeu imenso e que é bastante difícil de ver, fruto da sua agressividade gráfica, mas que claramente é simbólico para o país e para o cinema internacional.

É um Essencial pela importância que foi ganhando, ao longo dos anos, fruto da mensagem política que também pode ser vista, para tal basta verificar a data de lançamento do filme, bem como todas as nuances de revolta e rebeldia demonstrada ao longo dos 75 minutos de filme. Foi um filme banido em muitos países, claro que actualmente é visto como um clássico e foi remasterizado e trabalhado para exibição. É um dos melhores filmes mudos de todos os tempos e uma óbvia e clara presença na nossa lista de Essenciais.

Comentários

Artigos que poderão ser do teu interesse

ARTIGOS RELACIONADOS