Aqueles que viveram a sua adolescência e testemunharam o nascimento de novas bandas durante a primeira década deste século estarão, ao ler este título, muito provavelmente a pensar como é que o tempo passou tão depressa. A prova disso é que o segundo e ilustre álbum Favourite Worst Nigh

Se estás a ler isto é porque chegaste ao “Essenciais do Cinema”– uma nova rubrica da CCA para quem quer descobrir um pouco mais. Com temáticas menos generalizadas, por vezes menos actuais mas igualmente relevantes. Com tudo isto, é normal que por aqui encon

Max Weber é um dos pais da área do saber que hoje é conhecida por sociologia. O alemão desenvolveu uma série de estudos e de obras, nos quais estudou o indivíduo no seio da sociedade e a sua evolução nesta integração. A sua esposa, Marianne Weber, foi tamb

Vai tudo acontecer novamente. A 8 de abril de 1990 David Lynch mostrava ao mundo pela primeira vez a genialidade de Twin Peaks. A televisão nunca mais foi a mesma e o realizador abriu caminho para outras produções de culto que se seguiram. Mas nunca mais nada foi como Twin Peaks. A singularidade

Lloro por ella. Assim poderia começar “Yoro” (Elsinore), de Marina Perezagua (n.1978, Sevilha). A fonética do nome desta menina aproxima-se da primeira pessoa do verbo Llorar [Chorar]. O testemunho de H, personagem principal deste livro, é um lamento, um choro, por Yoro. Em 1945, é lançad