#17 Essenciais do Cinema

9 MAIO, 2017 -

Se estás a ler isto é porque chegaste ao “Essenciais do Cinema”– uma nova rubrica da CCA para quem quer descobrir um pouco mais. Com temáticas menos generalizadas, por vezes menos actuais mas igualmente relevantes. Com tudo isto, é normal que por aqui encontres – e temos mesmo de te avisar – mais texto. Bem-vindo ao “Essenciais do Cinema”.

Das Testament des Dr. Mabuse (1933)
Realizador: Fritz Lang
Protagonizado por: Rudolf Klein-Rogge, Otto Wernicke e Gustav Diessl

É um dos essenciais da história do cinema de língua alemã, contém os elementos principais que um filme alemão da década de 30 continha. Fortes elementos de suspense, personagens peculiares e uma história fundamentalmente apoiada no mistério e no crime. Apesar de muitos filmes de grande sucesso, do cinema alemão, serem de terror com a classificação de género de Horror, muitos desses filmes continham um elemento secundário de mistério, com muito daquilo que se tornou famoso num thriller.

Das Testament des Dr. Mabuse é o segundo filme da trilogia “Dr. Mabuse”, realizada pelo lendário Fritz Lang, um dos meus realizadores preferidos. É, igualmente, um dos mais controversos da história do cinema, já que aquando do seu lançamento foi banido da Alemanha por Joseph Goebbels, visto ser considerado como prejudicial a Adolf Hitler. O filme, de facto, mantém actualmente uma reputação inabalável como um dos mais vendidos e mais bem-sucedidos mistérios de todos os tempos. Adiciona ao elemento de mistério uma certa conotação sórdida e obscura, principalmente representada pelo personagem de Dr. Mabuse, representado por Rudolf Klein-Rogge. Ao longo do filme, Dr. Mabuse representa o caos e a desordem que devem ser perpetradas por toda a cidade, pelos seus súbditos, de forma a espalhar e a massificar o seu grande poder de domínio humano e mental.

Dr. Mabuse é o chefe todo poderoso de um conjunto de crimes, no entanto ele só é visto quase no final do filme, sendo esse um dos momentos mais inesperados e surpreendentes da obra-prima. Estes crimes são investigados pelo inspector Lohmann que, para além de ter um método de investigação peculiar, consegue perturbar muitas das intenções do grande mestre do crime que subjuga os seus súbditos pela coacção e a chantagem. Para além dos elementos de mistério e crime, é adicionado outro elemento muito característico do cinema alemão: a obsessão. O personagem do Professor Baum, representada por Oscar Beregi Sr., simboliza esta obsessão. Com o decorrer dos crimes, o Professor torna-se cada vez mais obcecado por Dr. Mabuse, tentando estudar o mestre do crime ao pormenor. Por vezes, ao longo do filme, a ideia de subserviência e manipulação é explorada através do personagem do Professor.

Com tudo isto, Das Testament des Dr. Mabuse é, ainda hoje, um filme obrigatório para todos os estudiosos e fãs do cinema. É um dos filmes mais influentes de todos os tempos e um Essencial do Cinema, sendo um dos melhores filmes do seu género cinematográfico.

Comentários

Artigos que poderão ser do teu interesse

ARTIGOS RELACIONADOS